Corona vírus e dólar estão colocando em risco o bom momento da energia solar fotovoltaica no Brasil.


2020 é O ANO da energia solar fotovoltaica no Brasil mas alguns indicadores colocam em risco a expansão acelerada do mercado... é fato que estes riscos não são irreversíveis e tão pouco capazes de frear o desenvolvimento do setor mas momentaneamente preocupam não só o Brasil, mas todo o mundo.


Verdade é que o Brasil ainda não produz tecnologia capaz de competir economicamente e em performance com os equipamentos importados quando o assunto é energia solar fotovoltaica e isso faz com que tenhamos que trazer de fora do país a tecnologia para que seja utilizada. Neste contexto, olhamos para o oriente do globo terrestre e vemos a maior potência mundial em produção em longa escala, a CHINA!


A China é hoje responsável por abastecer, não só na energia solar, mas em outros setores, grande parte do mundo. Grandes indústrias mundiais hoje tem suas iinstalações sediadas no território chinês devido à farta mão de obra, facilitações fiscais, entre outros fatores... hoje a maioria esmagadora dos equipamentos solares fotovoltaicos são produzidos neste país.


No começo de 2020 a China novamente se tornou foco de notícias, desta vez não tão agradáveis. Com a epidemia de Corona vírus que se alastrou rapidamente fazendo vítimas fatais e movimentando o país em prol da contenção da proliferação de casos da doença, fabricantes como a TRINA solar soaram alarmes de atraso na produção destes equipamentos. Outras empresas também sinalizam este movimento!


"Se o surto de vírus durar além do primeiro trimestre e se espalhar para mais regiões, como está acontecendo atualmente na Coreia e na Itália, isso pode muito bem desacelerar a implantação global de energia renovável", afirmou Ali Izadi-Najafabadi, chefe de análise na Ásia da BloombergNEF.


Outro fator determinante para nós brasileiros é o atual cenário econômico ao qual estamos expostos (não estamos aqui pra julgar a coerência das altas do dólar, apenas para analisar o impacto disso no mercado solar fotovoltaico). Por, a maioria esmagadora dos equipamentos serem importados, e com a desvalorização da nossa moeda, algumas distribuidoras de equipamentos já soam alerta vermelho para as altas dos equipamentos e, invariavelmente, estes valores impactam diretamente no consumidor final.


Somando a retração na fabricação dos equipamentos à alta do dólar corremos o risco sim de que nos próximos meses os valores praticados pelas empresas de energia solar sofram algumas alterações.


Por enquanto os impactos estão administráveis. O grande volume de venda das grandes distribuidoras permite que estas segurem este desequilíbrio dentro dos seus galpões. Mas não se sabe por quanto tempo!


A sugestão para o cliente final é que, devido ao efeito destas mudanças ainda não estarem impactando diretamente no cenário brasileiro, e caso o problema se prolongue até o final do primeiro semestre, ele fique atento para estas variáveis, que ele possa fazer a aquisição de seu sistema antes que sejamos atingidos diretamente.


Além disso, ainda devemos esperar que haja alguma mudança na normativa relacionada a geração distribuída, como já sugerimos em postagens anteriores e, por mais que não seja mais tão temeroso de nossa parte que estas mudanças atrapalhem muito o setor, é fato que elas irão sim mudar um pouco o panorama da energia solar no país.


A InvestSol é a PRIMEIRA empresa de Engenharia Solar Fotovoltaica da Alta Paulista e nossa intenção é sempre desenvolver capacidade tecnica e trazer novidades do mercado para que nossos clientes se sintam o mais seguro possível com nossa política de trabalho e transparência. Tem interesse em consultar o quanto custaria pra você instalar um sistema solar fotovoltaico? Entre em contato conosco sem compromisso: orcamento@investsol.com.br cel.:+55 8 9 9739-5701

www.investsol.com.br


8 visualizações0 comentário

©2019 by InvestSol engenharia solar fotovoltaica

Faça parte da nossa newsletter e receba novidades sobre o mercado solar fotovoltaico

Newsletter InvestSol

INVESTSOL_CLORORIDO_PNG.png
  • Instagram
  • Facebook