Taxar ou não taxar, eis a que$tão!?


Como diriam no Netflix: "No capítulo anterior de..." (Apesar de estar mais pra novela mexicana!)... Exatamente my people, a ANEEL ta mais perdida que halls em boca de banguelo! Um dia fala uma coisa, outro dia fala outra! No começo do ano passado a ANEEL disse que não ia mexer no direito adquirido (quem tem sistema fica na lei de sua adesão)... depois a ANEEL mudou, tipo TPM em bipolar (me perdoem garotas, não quero generalizar de forma alguma...), dizendo que o direito adquirido iria perdurar até, apenas, 2030.... e agora nas últimas entrevistas, a cúpula da agência disse que não vai mais taxar! #What?! ? ? ? ?

Eae meus queridos? Qualé?! Ajuda o mercado a ajudar o Brasil, vamos em busca da nossa estabilidade energética... sejam solar, eólica, biomassa, PCDs, grandes hidrelétricas, marítima... só não da mais pra permanecer usando fonte nociva às pessoas. Vamos aproveitar todo esse nosso potencial, que tal?


Na semana passada a ANEEL se pronunciou mediante um de seus dirigentes dizendo que talvez a #Nova482 fique pra 01/01/21 e a gente não sabe quem fica mais perdido com isso tudo... se é o consumidor que fica com receio em investir em fontes renováveis, se é o mercado que tem medo de prometer algo ao seu cliente ou se é o regulador que de regulado não anda nada, nada!


Nesse momento existe a expectativa de que a Agência nacional ainda não freie o crescimento do mercado, que ainda permita que nós tenhamos a oportunidade de desenvolver a tecnologia que ainda é um bebê em nosso país.


Fica claro também que a ANEEL desistiu de uma transição sutil, baseada em gatilhos (CONFORME VAI AUMENTANDO A QUANTIDADE DE GD, VAI AUMENTANDO A FORMA DE TAXAR), ela simplesmente resolveu colocar o pior cenário de imediato pra quem entrar pós nova resolução e reter (PASMEM) mais de 60% da energia injetada na rede da concessionária pela unidade geradora.


Muita energia ainda vai fluir por estes condutores (água por baixo da ponte... (curtiu o trocadalho?!)) e esperamos realmente que a agência não de um tiro tão certeiro no pés energético do país... tem uma música que diz assim: "Se o ferro da tua mão, atingir o coração, não se renda a ilusão, quando morto coração respectiva morta mão! - Aerocirco"...


... a verdade é que, se a ANEEL que é o cérebro energético do país "asfixiar" a GD ela vai estar dando um belo tiro em si própria e no equilíbrio energético do pais que ela mesmo deve representar. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!!! :( Apreensivos torcendo pra que a SENSATEZ impere! Bjos de luz (solar)! Salve, salve simpatia! Aquele abraço...

1 visualização0 comentário

©2019 by InvestSol engenharia solar fotovoltaica

Faça parte da nossa newsletter e receba novidades sobre o mercado solar fotovoltaico

Newsletter InvestSol

INVESTSOL_CLORORIDO_PNG.png
  • Instagram
  • Facebook